seg-sex 09h-17h - São Paulo-SP 11 976485592 [email protected]

Sobre

Sobre o Spitz Fotografia Pet: paixão pelos cães desde o berço

O Spitz Fotografia Pet surgiu de um desejo de unir duas paixões: a fotografia e o meu amor pelos cães.

Desde que eu me entendo por gente, eu tenho cachorros. Após a chegada do Wurst, um spitz alemão cheio de personalidade, meu mundo mudou para muito melhor. Eu, que tenho uma leve tendência a ficar o final de semana todo em casa, me vi tendo que passear com o peludo diariamente e até comecei a fazer agility e competir!

Como a minha percepção de como a relação dono/cachorro foi transformada após a chegada do peludo (e por conta dos inúmeros cursos de comportamento canino que eu tive que fazer para melhorar a minha relação com o meu próprio cão), nada mais justo do que o nome da empresa fosse uma homenagem a ele. Por isso, o nome Spitz; as orelhinhas do logo também são uma referência às orelhas pontudas dele.


Cursos sobre fotografia pet

E aí começou a minha saga:  e também um curso específico sobre fotografia de cães fazendo agility com a fotógrafa Amy Johnson, que foi ótimo, mas só aguçou ainda mais a minha vontade de aprender.Depois, fiz um curso bem completo da australiana Charlotte Reeves, uma fotógrafa que além de ser uma ótima pessoa, sabe muito bem usar a luz do ambiente a seu favor.
Eu também tive a chance de ter as minhas fotos avaliadas por ela sobre onde preciso melhorar.Depois disso, vi que precisa aprimorar o meu conhecimento de Photoshop e fiz um curso específico para edição de fotos de cachorros no Lightroom e Photoshop com duas fotógrafas americanas, além de diversos outros cursos de edição de imagens e sobre o negócio de fotografia.
Em 2019, então, decidi juntar diversas atividades em uma mesma viagem de férias. Eu participei de um campeonato mundial de agility, fiz um curso de fotografia de cães em movimento com Claudio Piccoli, na Bélgica que foi essencial para aprimorar minhas fotos de cães fazendo esportes.
Também fiz um outro curso maravilhoso com a Monica do Monoa Photography na Holanda. Como esse curso foi particular, foi incrível poder ver como ela trabalha e também ter feedbacks instantâneos de como melhorar a minha composição e edição.Uma coisa é certa: do jeito que eu sou curiosa e incansável, esses são apenas os primeiros de muitos outros cursos.


Trabalho Voluntário: ONG Cão Sem Dono

Sempre que possível, eu vou até a chácara da ONG Cão Sem Dono para fotografar os animais que estão para adoção. Essa foi a maneira que eu encontrei de tentar ajudar esses pobres animais que não têm a sorte de ter um dono responsável. Fico sempre muito feliz quando eles me avisam que o cãozinho que eu fotografei foi adotado. Esse é um exemplo do trabalho de divulgação que fazemos em conjunto:


Wurst: secretário e assistente

Olá! Eu sou o Wurst. Meus pais me deram esse nome porque eles comiam linguiça todos os dias quando viajaram para a Alemanha e como eu sou um spitz alemão, eles acharam que seria engraçado.
Eu sou o assistente e secretário do Spitz Fotografia Pet. Se eu não estiver dormindo, comendo, recebendo carinho na barriga ou fazendo agility, estarei trabalhando e respondendo emails.